Dra. Jesi Pereira Cardoso

Edição: Phablo Monteiro - Fonte: Jessé Pereira / Jornal Folha Atalaiense  Homenagem

 

A Dra. Jesi Pereira Cardoso foi, ao lado da Dra. Maria Theresa de Medeiros Pacheco, uma das primeiras mulheres atalaienses a se formar em medicina. Numa época em que esta profissão, como muitas outras, era reservada somente aos homens, aliás não muito distante, Jesi resolve enfrentar as dificuldades e entra na Faculdade de Medicina de Maceió, com um único objetivo – servir.

Nascida em Atalaia a 16 de outubro de 1935, filha dos evangélicos batistas José Pereira da Silva (Zé Pereira) e Antonia Cardoso Pereira (D. Maninha), desde cedo seguiu o exemplo dos pais no serviço da Igreja e do próximo. Aos 4 anos já revelava seu espírito apostólico. Inteligente, dotada de uma memória impar, decorava com facilidade poesias, cânticos e monólogos que apresentava na Igreja. Batizou-se por decisão própria aos 10 anos de idade.

Caçula entre três irmãos, desde o batismo vivia o Evangelho de São João, 3,16, servir ao Senhor por intermédio dos seus irmãos: “É assim que sabemos o que é o amor. Cristo deu a vida por nós. Por isto nós devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos”.

Iniciou seus estudos no Grupo Escolar Floriano Peixoto, em Atalaia, passando em seguida para o internato do Colégio Batista Alagoano, em Maceió, onde também estudou música.

Após frequentar os primeiros anos de medicina em Maceió, transferiu-se para Salvador onde concluiu o curso em 1963. Pelo seu desempenho em todos os empreendimentos, foi convidada pelo então Senador Arnon de Melo para ser líder política do seu partido, ao que ela recusou para se dedicar totalmente à medicina.

Instalou-se em Salvador-BA, em um bairro proletário, São Caetano, onde via maiores possibilidades de exercer o seu ministério. 

Foi Diretora do Hospital Evangélico. É titular da Cadeira de Higiene e Puericultura do Seminário Batista da Bahia. Foi médica do trabalho no pólo Petroquímico de Camaçari e pertence a SOBRAMES (Sociedade Brasileira de Médicos Escritores), chegando a ocupar a vice-presidência da Regional Bahia.

Casada, mãe de apenas uma filha, ao lado da medicina que ainda exerce com o mesmo ardor do inicio da carreira. Atualmente, com 79 anos de idade, Jesi Pereira Cardoso, continua a exercer com dedicação sua a profissão no Estado de São Paulo, tendo como especialidades clínica médica e pediatria.

Poetisa, emprega seu talento para evangelizar: “Obrigada Senhor/ porque tu me criaste / e com teu infinito amor me amaste”...

Texto Jessé de Morais Pereira – Atalaiense, residente da cidade de Maceió, é sobrinho de Jesi Pereira.
Adaptação do texto publicado em 1996, no Jornal Folha Atalaiense, da saudosa escritora Vandete Pacheco.

Mais Histórias