Com apenas 15 anos a atalaiense Joyce Amorim já integra o time feminino principal do CRB

Edição: Phablo Monteiro - Fotos: Átila Vieira Fotografia - Divulgação 10/07/2017 17:30  Cidade


O sonho de se tornar jogadora de futebol profissional começou a virar realidade muito mais rápido do que a jovem e talentosa Joyce Amorim imaginava. No primeiro semestre de 2017, viu em um anuncio no Facebook, que o time feminino do Clube de Regatas Brasil – CRB, realizaria uma peneira para ajudar a completar a formação do seu elenco principal. A atalaiense não mediu esforços, abraçou essa oportunidade e se inscreveu para ir buscar seu grande sonho.

Com apenas 15 anos, a atalaiense jogou muito bem logo em seu primeiro teste, a ponto de convencer a comissão técnica de que apesar da pouca idade e da falta de experiência em uma equipe de futebol, o seu talento lhe dava condições suficientes de jogar de igual para igual com jogadoras de mais idade e fazer parte da equipe que atualmente disputa o Campeonato Alagoano. Após o teste, Joyce foi chamada para integrar a equipe principal do CRB.

A estréia pelo time principal aconteceu ontem, dia 09 de julho, na Barra de São Miguel, onde o CRB empatou em 2 a 2 com o time do Agrimaq. Joyce começou a partida no banco, mas entrou no decorrer da partida e apesar do pouco tempo em campo, já foi o suficiente para mostrar a todos uma boa atuação. “Foi uma alegria para mim estar disputando um campeonato profissional. Agradeço muito a Deus pela oportunidade que estou tendo de atuar pelo CRB”, destacou Joyce em entrevista ao site AtalaiaPop.

Para muitas pessoas, não é surpresa a rápida ascensão no futebol da jovem atalaiense, que desde muito cedo mostrava seu talento com a bola em campos improvisados no meio da Rua Elpídio Godim, no bairro Girador ou então no campo da Comesa. “O futebol representa muito pra mim. É uma paixão, é um trabalho, uma oportunidade de se fazer amizades e de realizar sonhos”, comenta Joyce.

Para Joyce, suas principais referências no futebol são Marta e Neymar. Dois grandes nomes que dispensam comentários. A primeira é a alagoana de Dois Riachos, cinco vezes melhor jogadora do mundo e que é referência mundial no esporte. E, o segundo, apesar da pouca idade, já conquistou quase todos os títulos possíveis, faltando apenas a Copa do Mundo pela Seleção.

A mais jovem do elenco, a jogadora regateana promete se empenhar cada vez mais, para que junto com toda a sua equipe, possa dar muitas alegrias aos torcedores que acompanham e torcem pelo sucesso da equipe. Apesar da sua habilidade em fazer gols, detalhe fundamental da sua posição de atacante, Joyce destaca como suas principais características, o drible e a ajuda na marcação na saída de bola adversária.

Tanta dedicação não fica sem agradecimentos. Joyce Amorim faz questão de dedicar cada momento a todos que lhe apoiam nesse sonho. “Aos meus pais Aline e Jonnathan, ao meu padrinho Mano, a minha madrinha Edna, aos meus avós e aos meus amigos, gostaria de dizer que eu amo todos vocês e agradeço por terem me incentivado a nunca desistir do meu grande sonho, por me apoiarem nos momentos difíceis e estarem sempre ao meu lado”.

Se para Joyce, que completará 16 anos em setembro, a estréia pelo time principal já foi motivos de grande emoção, imaginem o sentimento que envolve a atacante em saber que a próxima partida da sua equipe, será sua estréia no Estádio Rei Pelé, no dia 16 de julho, logo diante de um clássico contra a equipe do CSA.

Para os jovens atalaienses as referências locais no futebol são apenas de jogadores, a exemplo de Aloísio Chulapa e Neto Moura. Porém, a chegada de Joyce Amorim ao elenco principal de um das maiores equipes do Estado, certamente irá quebrar paradigmas e ter a capacidade de servir de exemplo a centenas de meninas da cidade e região, que apesar de gostar de jogar futebol, não leva esse sonho adiante ou por preconceito ou por simplesmente não acreditar que seja possível.

Quem também estar na torcida para que o desempenho de Joyce sirva de exemplo a outras meninas, é o campeão mundial pelo São Paulo e atual secretário municipal de esportes, Aloísio Chulapa. “Quero mandar um abraço e um beijo especial para a Joyce. Sou fã da nossa Martinha Atalaiense, uma menina que joga muito, é craque de bola e é por isso que apesar da pouca idade já estar na equipe principal do CRB. Cada vez que despontar no profissional para levar o nome da nossa terra, seja masculino ou feminino, para nós isso deve ser motivo de orgulho. Ela está levando o nome da nossa terrinha e desejo a ela muito sucesso. Quem sabe daqui a alguns dias estaremos vendo ela vestindo a camisa da nossa Seleção Brasileira”, comentou Aloísio Chulapa, destacando a coincidência da Joyce ter começado no mesmo clube em que ele começou a carreira. “Tenho certeza que estaremos vendo muitos jogos dela, seja pessoalmente ou pela televisão. É da nossa terra, tem talento e merece todo o sucesso”, concluiu.

Além da disputa do alagoano, a equipe feminina do CRB se prepara para disputar competições a nível nacional.

 

Notícias Relacionadas