Defesa Civil de Atalaia participa do II Encontro Nacional do Congepdec

Edição e Fotos: Phablo Monteiro / Fonte: Divulgação 10/10/2017 23:30  Cidade


A Coordenadoria de Defesa Civil do município de Atalaia, representada pelo secretário Massilon Mendes, participou dos debates sobre ações de preparação e resposta aos desastres naturais, realizados no II Encontro Nacional do Conselho Nacional de Gestores Estaduais de Proteção e Defesa Civil (CONGEPDEC). Além de Atalaia, mais quatro municípios alagoanos mandaram representantes: Pilar, Palmeira dos Índios, Rio Largo e Coruripe.

O encontro, que faz parte das atividades da Semana Nacional de Redução de Desastres, foi realizado nos dias 05 e 06 de outubro, no auditório ESMAL – Escola Superior de Magistratura do Estado de Alagoas, em Maceió e reuniu gestores de Proteção e Defesa Civil de 20 Estados.

“Com foco na gestão como um todo, sobre como administrar uma Defesa Civil, o encontro do CONGEPDEC serviu para os gestores trocarem experiências e fortalecer as ações de Proteção e Defesa Civil, observando as peculiaridades apresentadas por cada Estado, por conta de suas condições geográficas e hidrográficas. Foram debatidos ainda ações diferenciadas de preparação e resposta aos desastres”, destacou o secretário Massilon Mendes, que também ocupa a função de Coordenador Regional de Defesa Civil do Vale do Paraíba.

No primeiro dia de palestras, o Secretário da Defesa Civil de Alagoas, major Moisés Melo, abordou as atuações do órgão frente aos desastres naturais. É característica de Alagoas dois eventos extremos: a seca, em municípios do sertão e agreste, e as inundações. Ainda no primeiro dia, a coronel Helena Rodrigues, de São Paulo tratou sobre queimadas, demonstrando a importância do uso de aeronaves no combate a incêndios em vegetação.

Já no segundo dia, foi debatido o uso da inteligência artificial, em situação de desastres.

O secretário Massilon Mendes comentou a importância de participar desses eventos, na para cada vez mais consolidar os avanços da Defesa Civil no município. “Atalaia foi o terceiro município do Estado a obter um certificado da ONU de resiliência, por conta da capacidade de absorver o evento e se recuperar rapidamente. Nossa Defesa Civil já possui plano de contingência, plano operacional e lei. Nenhum município do Estado apresenta a organização que Atalaia tem em termos de legislação”, destaca o secretário, lamentando a situação crítica enfrentada pelos municípios, que atinge todas as áreas de atuação, incluindo a Defesa Civil. 

 

Notícias Relacionadas