CRAS Atalaia realiza confraternização de final de ano do Grupo da Terceira Idade

Edição: Phablo Monteiro - Fotos: Phablo Monteiro e Divulgação 07/12/2017 23:30  Cidade



Foi com muita comida, amigos reunidos, festa, musica ao vivo e alegria, que 40 idosos do município de Atalaia se despediram de um ano repleto de atividades do “Grupo da Terceira Idade” em 2017. A confraternização organizada pela Assistência Social, foi realizada na manhã e tarde desta quinta-feira (07), em uma área de lazer localizada na Vila José Paulino e contou com o apoio da Prefeitura de Atalaia e com as presenças da primeira-dama do município Rosiane Vigário, da secretária de assistência social Crislannie Medeiros e toda a equipe do CRAS.

Recepcionados pelo primeira-dama Rosiane Vigário, os idosos relembraram de momentos felizes a cada encontro e viagens da turma da terceira idade. “Problemas todos nós temos, mas temos que entregar todos a Deus, pois só ele consegue resolver tudo. Desejo a vocês um feliz Natal e um feliz Ano Novo e que esse 2018 seja melhor do que este ano. Tenho certeza que se a equipe este ano procurou dar o bom para vocês, vamos tentar dar o melhor neste próximo ano. Esse Grupo da Terceira Idade é o meu coração, sempre temos uma atenção especial por ele e vamos buscar novas conquistas”, destacou a primeira dama. 

Para a secretária Crislanne Meideiros, cada reunião desse Grupo, torna-se
um momento especial. “Gostaria de agradecer pelo apoio incondicional da primeira-dama e do prefeito, e principalmente a todos os participantes do Grupo da Terceira Idade, por acreditarem em nosso trabalho. Desejo um feliz Natal e um feliz Ano Novo a todos e que em 2018 possamos estar juntos, vivendo momentos felizes como esse”, comentou.

De acordo com a coordenadora do CRAS Atalaia, Meirellane Rodrigues, a expectativa é de 2018 repleto de mais atividades voltados para o Grupo da Terceira Idade. “Foi muito bom tudo o que vivemos neste ano e tenho fé em Deus que vamos viver coisas bem melhores em 2018. Temos muitos projetos para esse Grupo e tenho certeza que a primeira-dama Rosiane Vigário junto com toda a equipe da Prefeitura, vai continuar dando o maior apoio para realizar isso. Se foi bom esse ano, ano que vem vai ser ainda melhor e espero ver toodos todos em janeiro e que eles possam transmitir isso para outros idosos, que venham viver tudo isso junto com a gente”.

Integrante do Grupo, Dal Miranda, de 64 anos, comenta que participar desse grupo é um privilégio que a faz se sentir bem. “Fazemos exercícios, que ajudam em nossa saúde e nos dar condições de fazer novos amigos. Essa turma da Assistência mora no meu coração. Gostaria de convidar aqueles que ainda não conhecem esse projeto, para participarem dele junto conosco”.

Aos 77 anos, Dona Severina destaca a sua felicidade em fazer parte do Grupo da Terceira Idade. “Participando desse grupo me faz se sentir uma jovem de 17 anos. Todos que fazem parte dessa equipe da Assistência são as coisas mais lindas. Esse projeto, junto com o do SESC em Maceió, foram os projetos mais lindos que já participem em minha vida. Tenho certeza que neste próximo ano vamos continuar nossas atividades, nossas brincadeiras e participando de viagens”, comentou.

O senhor Pedro Barbosa, de 63 anos, comentou que se adaptou fácil ao Grupo. “Hoje esse grupo é uma das coisas mais importantes para mim, todas as meninas e meninos são bacanas demais, sem falar no apoio que sempre recebemos da primeira-dama. Aqui me sinto em casa. Realizamos atividades, fazemos amigos, dançamos, brincamos, participamos de festas e a nossa expectativa é que em 2018 seja ainda melhor”, comenta o idoso, destacando que foi escolhido o “delegado” do grupo.

O Grupo da Terceira Idade conta com a participação de 93 idosos. Os trabalhos são desenvolvidos com a participação de toda uma equipe qualificada que compõe o CRAS e a Secretaria de Assistência do município de Atalaia. Durante o ano, diversas ações socioeducativas foram desenvolvidas, com várias reuniões que ocorrem na sede do CRAS ou em outros locais da cidade. Palestras (com temas variados como convivência grupal; integração; relacionamento inter e intragrupal; motivação; depressão; qualidade de vida; estatuto do idoso; sexualidade; entre outros), dinâmicas de grupo, atividades físicas, e viagens de socialização entre as comunidades e outros municípios foram algumas das atividades das quais os idosos participaram em 2017.
 

 

Notícias Relacionadas