Nota de Esclarecimento / Hospital João Lyra Filho

Fonte: ASCOM Atalaia 12/01/2018 20:30  Cidade



A direção do Hospital João Lyra Filho, vem através desta, esclarecer uma indignação veiculada nesta rede social, onde a paciente “denuncia” um possível descaso vindo dos funcionários desta instituição com relação à liberação de medicamentos para uso caseiro.

A aplicação de injetáveis não pode ser liberada por questões de segurança, pois trabalhamos acima de tudo com prudência e ética profissional. A ação medicamentosa é rápida e eficaz, podendo ocasionar reações adversas (como reações alérgicas) e vários riscos ao paciente.

A ampola de vitamina K (Fitomenadiona) e como qualquer outro tipo de medicamento injetável realmente NÃO DEVE ser liberada para uso individual, restrito, privado; necessitando assim uma equipe preparada para qualquer tipo de emergência. Além disso a Medicação Noripurum (a outra medicação solicitada) deve ser administrada por um profissional através de soro. Por existir riscos (já expostos) e para melhor segurança do paciente.Contudo, deixamos claro que o medicamento não foi negado. A paciente foi quem se negou a seguir as normas e regras do Hospital João Lyra Filho.

Contudo, deixamos claro que o medicamento não foi negado. A paciente foi quem se negou a seguir as normas e regras do Hospital João Lyra Filho.

O Hospital, oferece seus serviços a todos os cidadãos, como assim foi sugerido à paciente que persistia em levar a medicação para ser usada em outro município. Foi feita a sugestão para que a médica transcrevesse a receita para que fossem domadas doses diárias. Mas não foi aceita pela paciente. Pois no Hospital existe um controle diário de medicamentos, onde o mesmo faz parte da disciplina adotada pelo Hospital João Lyra Filho.

Além disso, existe o descarte. As ampolas e resíduos de medicamentos não podem ser descartadas em lixo comum, pelos riscos de coleta além dos riscos ambientais.

A direção do Hospital João Lyra Filho, trabalha para proporcionar melhores condições de vida a todos os Atalaienses e desde já nos colocamos à disposição da população para esclarecer dúvidas e mal entendidos que comprometam o trabalho oferecido nessa instituição.

Notícias Relacionadas