Na Coopervales, FAEAL realiza apresentação do Programa de Incentivos para Produção Canavieira

Edição: Phablo Monteiro - Fonte e Fotos: Facebook Renata Miranda 18/01/2018 09:00  Cidade



Na manhã desta última quarta-feira (17), foi realizada no auditório da Cooperativa dos Produtores Rurais do Vale do Satuba (Coopervales), uma reunião de apresentação do Programa de incentivos para produção canavieira e de oportunidades para diversificação da agricultura no Estado de Alagoas, como forma de fortalecer o setor agrícola no Estado.

Organizada pela Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas (FAEAL) e pelo Sindicato Rural de Maceió, a reunião teve como principais públicos alvos os cooperados e fornecedores de cana. O evento contou com a presença do presidente da FAEAL, o senhor Álvaro Almeida, do presidente do Sindicato Rural de Maceió, o senhor Álvaro Vasconcelos, do presidente do superintendente do Banco do Nordeste, o senhor Wesley Maciel e do presidente da Coopervales, o senhor Túlio Tenório.

Na reunião, Túlio Tenório destacou a força agrícola do Vale do Paraíba, mesmo diante das crises enfrentadas nas últimas décadas, tendo como principais destaques na produção deste setor, os municípios de Atalaia, Capela, Murici e Branquinha.

Para a Coopervales e seus cooperados foi apresentado pela superintendência do Banco do Nordeste, sua linha de crédito individual, já que por virtude de Lei, não se tem crédito para cooperativa. O superintendente destacou que este ano o Banco tem uma dotação orçamentária de 795 milhões para serem aplicados no Estado de Alagoas.

Em seu discurso, o presidente da FAEAL, o senhor Álvaro Vasconcelos, disponibilizou ajuda aos cooperados para a regularização nos órgãos competentes.

Também estiveram prestigiando o evento, a convite da organização, o secretário municipal de agricultura Cláudio Tenório e Renata Miranda. “Este evento foi de suma importância, pois deixa claro que o setor conta com o apoio de entidades importantes, como, também, com a união da classe. Vemos o crescimento no sul do país por meio de cooperativas fortes, juntos e com os mesmos objetivos eles, os cooperativados, vencem, aos poucos a grande crise sucroalcooleira”, destacou Renata Miranda.

 

Notícias Relacionadas