Famílias inseridas no CadÚnico em Atalaia estão recebendo kit gratuito para TV Digital

Edição e Fotos: Phablo Monteiro 16/03/2018 15:00  Cidade


Aproximadamente 11 mil famílias de baixa renda no município de Atalaia, que estão inseridas no Cadastro Único para programas sociais (CadÚnico), como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social, entre outros, estão aptas para o recebimento do kit gratuito de TV Digital, composto por um conversor digital, antena, controle remoto, cabos e conectores. O sinal analógico será desligado no dia 30 de maio em Atalaia e em mais 12 cidades da região metropolitana.

Trata-se de um beneficio do Governo Federal, através da ANATEL, devido à ampliação do sinal digital em todo o território brasileiro. Os kits, que custam aproximadamente R$ 200, são distribuídos de graça pela iniciativa Seja Digital, uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil.

Através de uma parceria entre os CORREIOS, responsáveis em fazer com que esses kits cheguem até as famílias, e a Prefeitura Municipal de Atalaia, foi disponibilizada toda a estrutura física e quadro de profissionais do Bolsa Família de Atalaia, para agilizar essas entregas, que iniciaram no dia 05 de março, com uma média de 300 atendimento diários. Mais de 3 mil kits já foram entregues às famílias de baixa renda do município. Um funcionários dos CORREIOS está supervisionando os trabalhos.

O recebimento do material será agendado através da Central de Atendimento da Seja Digital, através do número 147 (ligação gratuita) ou pelo site www.sejadigital.com.br. No agendamento, o beneficiário saberá o dia, hora e local da retirada do kit, evitando assim a necessidade de fila. Na sede do Bolsa Família tem uma funcionária contratada pela Seja Digital, para realizar esse agendamento, atendendo principalmente os casos que estão encontrando dificuldades.

O coordenador do Bolsa Família em Atalaia, Lucas Vigário, destaca que a escolha do programa para realizar essa entrega é devido ao contato próximo com essas famílias, tornando esse serviço muito fácil e mais ágil. “Até pela vinculação com o Cadastro Único, nossa equipe tem um contato diário com essas pessoas beneficiadas. Já temos prática nesse procedimento de lidar com essas famílias. Até a estrutura da sede se torna um fator positivo. O prefeito analisou como interessante a parceria, para dar mais comodidade a população”, destaca.

Lucas Vigário comenta ainda que enquanto houver demanda no município, essa estrutura que foi montada, vai tentar sanar. “Atalaia tem um número aproximado de 11 mil cadastros válidos no CadÚnico e a estimativa de entrega de kits em Atalaia, gira em torno desse número. Não temos um prazo determinado para que se finalize essa atividade de entrega. A nossa orientação é que os usuários atualizem seus cadastros e busquem os canais fornecidos pela empresa para o agendamento para a retirada do kit”.

O sinal digital é gratuito e pode ser utilizado por quem tem televisores fabricados a partir de 2010 apenas com o uso da antena UHF. Quem possui aparelhos datados de antes de 2010, sem o selo DTV ou com o tubo atrás da tela, precisa da antena UHF e do conversor digital. Além da qualidade do sinal digital na TV, outra vantagem desse tipo de kit, é a variedade maior de canais abertos, de graça para os usuários.

Famílias que instalam o kit digital ainda concorrem a prêmios. Com o kit em mãos, basta seguir as instruções para instalar o conversor e a antena digital. No final do processo de instalação, aparecerá um código na tela da TV, que deve ser cadastrada no site www.sejadigital.com.br ou no telefone 147. Informando o código já estará participando do sorteio e concorrendo a prêmios.

 

Lucas Vigário, coordenador do Bolsa Família em Atalaia

Notícias Relacionadas