Casa de Cultura de Atalaia foi palco do VI Varal Literário do CEPP

Edição e Fotos: Phablo Monteiro 05/05/2018 11:00  Cidade


Grande palco cultural da cidade de Atalaia nas décadas de 80 e 90, a Casa de Cultura voltou a ser sede de um evento escolar, com a realização na tarde e noite desta sexta-feira, dia 04 de maio, do VI Varal Literário do Centro Educacional O Pequeno Príncipe (CEPP).

O Varal Literário do CEPP é um projeto pedagógico idealizado pelas professoras de Língua Portuguesa, Alda Valéria e Elaine Menezes e tem como objetivos principais reforçar e explorar de uma maneira artística, lúdica e participativa, os conteúdos estudados em sala de aula.

“Na primeira etapa do projeto, buscou-se aproximar o aluno do conteúdo e da prática, utilizando como ferramentas, atividades de produção textual e artes visuais que possibilitaram ao aluno, relações entre o fazer, o interpretar e o refletir”, destacaram as idealizadoras do evento.

Com o tema ÉTICA E SOCIEDADE, a sexta edição do evento contou com apresentações dos alunos do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, sobre importantes nomes da literatura e dramaturgia brasileira: Guimarães Rosa, José Lins do Rego, Érico Veríssimo, Clarice Lispector, Dias Gomes, Nelson Rodrigues, Jorge de Lima, Manuel Bandeira, Mario Andrade, Jorge Amado e Zélia. Também houve apresentações musicais dos artistas da terra Júnior Rocha e Rosana Costa, e também da aluna Jafty Samara.

A diretora do CEPP, Maidy Rocha comentou sobre sua emoção com a realização desse evento. “Fiquei encantada, pois a idéia de realizar esse evento aqui na Casa de Cultura foi dos alunos. Estamos na nossa sexta edição e estamos trazendo esse evento para o berço da cultura atalaiense, que considero como uma fênix, pois está ressurgindo das cinzas apesar de tudo. Não existe nenhuma tecnologia que faça o que a poesia fez aqui hoje. É a poesia, o teatro e a música revitalizando esse espaço. Espero que as pessoas tenham o sentimento de valorizar tudo aquilo que estão vendo hoje. Estamos trazendo esse ano o tema Ética e Sociedade, onde através desse processo educação estamos incentivando o desenvolvimento desses valores que a tanto tempo está sendo afastado dentro da sociedade. O nosso lema é Preparando para a Cidadania e quando fazemos isso, estamos exatamente resgatando os direitos e os deveres para que eles citam-se produtos desta sociedade onde vivem e também onde ele vai mais tarde criar sua família, transmitindo todos os valores que aprendeu dentro da Escola”, destaca a Educadora.

O evento também foi prestigiado por familiares, pelo vereador Quinho do Portão e demais representantes do Núcleo Atalaiense de Cultura e Arte, o NACA, movimento responsável pela reabertura desse espaço cultural.

Sobre todo o simbolismo que representa a realização desse evento na Casa de Cultura, o professor universitário, Cícero Albuquerque, integrante do NACA, destacou a importância da iniciativa do CEPP em mostrar que é preciso lutar para manter esse espaço funcionando. “A compreensão da Escola O Pequeno Príncipe é muito importante, que é entender que temos que resistir neste momento para manter vivo esse espaço, para construir a perspectiva de que ele pode ainda servir a comunidade de Atalaia. Entendo que é um apoio que a Escola dá a cidade de Atalaia. A Casa de Cultura é um espaço que é a expressão das dificuldades que Atalaia vive, mas também é a expressão da esperança e da resistência. Todos estão de parabéns e os trabalhos estão lindos. E, que essa ação sirva de exemplo para as outras escolas do município, pois a Casa de Cultura é um lugar de todos nós”, destacou..

 

Notícias Relacionadas